Um dos mais antigos e produtivos sobreiros existentes no mundo é o Assobiador, em Águas de Moura. Plantado em 1783, este sobreiro deve o seu nome ao som originado pelas numerosas aves canoras que abriga na sua ramagem. Desde 1820, já foi descortiçado mais de vinte vezes. Em 1991, o seu descortiçamento resultou em 1200 kg de cortiça, mais do que a produção registada pela maioria dos sobreiros em toda a sua vida. Só esta extracção deu origem a mais de cem mil rolhas.

 NOME CIENTÍFICO: Quercus suber L.

NOME VULGAR: Sobreiro

PERÍMETRO A 1,30 (PAP) : +/-4,15m

PERÍMETRO DA BASE: 5,24

ALTURA/HEIGHT: 16,20

IDADE/AGE: +/- 233 anos/years

Classificação: D.R. n.º 141, II Série de 21/06/1998

O sobreiro (Quercus suber) é no nosso país uma árvore de eleição – grande porte, longevidade, presença em todo o território e de uma enorme importância económica, social, ambiental, paisagística, histórica e cultural – pelo que foi considerada a árvore-símbolo de Portugal.

O sobreiro é a nossa segunda espécie florestal em área e os seus principais povoamentos localizam-se actualmente nas bacias dos rios Tejo e Sado, sendo contudo possível encontrar sobreiros em quase todo o país, espontaneamente, semeado ou plantado. Nos dois últimos casos forma povoamentos denominados montados, onde os sobreiros existem quase sempre em consociação com uma cultura agrícola ou uma pastagem.

A cortiça que o sobreiro produz é uma matéria-prima única, que flutua na água, é elástica, compressível, impermeável, inodora, imputrescível e com excelentes qualidades isoladoras, é natural, renovável, reciclável e amiga do ambiente, com um passado milenar de usos diversos e um futuro promissor.

Portugal é o primeiro produtor mundial de cortiça, quer em qualidade quer em quantidade, o primeiro transformador e o primeiro exportador.

Dos valores ambientais relevantes, para além dos que são comuns às florestas em geral, asseguram uma diversidade biológica muito rica, pelas excelentes condições de abrigo, ensombramento, suporte alimentar e habitat para a flora e fauna silvestre, uma das mais ricas da Europa.