Palmela - Cidade Europeia do Vinho 2012

Palmela foi, em 2012, a Cidade Europeia do Vinho. O título, atribuído, pela primeira vez, pela RECEVIN - a Rede Europeia de Cidades do Vinho - visa distinguir, anualmente, uma cidade símbolo do desenvolvimento vitivinícola, a nível europeu. Os sucessivos êxitos dos vinhos de Palmela e da região em certames nacionais e internacionais, bem como o sucesso da experiência de parceria entre produtores, municípios e outros agentes económicos, foram fatores determinantes para a escolha da candidatura palmelense como pioneira deste título, de grande responsabilidade, a nível internacional.

Depois de um ano de grande atividade e muitos desafios, a Câmara Municipal de Palmela e os parceiros encerraram, a 2 de fevereiro de 2013, o programa “Palmela, Cidade Europeia do Vinho 2012”, com uma cerimónia realizada no Cineteatro S. João. Produtores de vinho, agentes culturais e económicos, movimento associativo, entidades locais, regionais e nacionais, Embaixadores “Palmela, Cidade Europeia do Vinho 2012” e população uniram-se nesta celebração, onde foram revisitadas as mais de uma centena de iniciativas que assinalaram o título.

O programa, desenvolvido em colaboração com diversas empresas e instituições, integrou festivais e mostras de vinhos e produtos locais, fins de semana gastronómicos, jantares vínicos, cursos de provas, seminários e encontros académicos, cruzamentos do mundo do vinho com diversas expressões artísticas, campanhas de consumo responsável, entre muitas outras propostas. No total, o programa atraiu 330 mil visitantes, garantiu o aumento da visibilidade da região na comunicação social e em diversos eventos nacionais e internacionais, e contribuiu para que esta seja, cada vez mais, uma região vitivinícola rica e diversificada, em que o vinho constitui um eixo importante de desenvolvimento e de qualidade de vida.

A cerimónia contou com as participações da AMPV - Associação dos Municípios Portugueses do Vinho e da RECEVIN, parceiros do município de Palmela (pioneiro, também, em 2009, enquanto primeira Cidade do Vinho nacional), que teve a honra de entregar o título de Cidade do Vinho 2013 à Vidigueira e de passar o testemunho de Cidade Europeia do Vinho ao município italiano de Marsala. Em conjunto com a AMPV e a RECEVIN, Palmela estendeu o convite às duas cidades para o desenvolvimento de trabalho de parceria e intercâmbio, que permita a promoção dos territórios e a criação de sinergias.